«

»

ago
27

Consórcio Ipojuca – nível superior e técnico:

Seguem vagas disponíveis no Consórcio Ipojuca Interligações para algumas funções nível superior e técnico: 

INSPETOR CONTROLE DE QUALIDADE- Atuar com inspeção de processos /final, ensaios de rotina, controle de qualidade e verificação de falhas na produção; liberam produtos e serviços; trabalham de acordo com normas e procedimentos técnicos, de qualidade e de segurança e demonstram domínio de conhecimentos técnicos específicos da área.

INSPETOR ELÉTRICA- Profissional habilitado para exercer a atividade de controle de qualidade relativo a execução de serviço de eletricidade;controle e execução nas tarefas de manusear, interpretar, analisar, comentar e implementar os requisitos das normas técnicas; manusear,interpretar, analisar, comentar e implementar os requisitos dos procedimentos documentados; recebimento de materiais e equipamentos elétricos; inspeção e ensaios durante a execução dos serviços; inspeções e ensaios finais após a execução dos serviços; medição e testes/ensaios; situação de inspeção e testes/ensaios e registro de resultados. Experiência desejável 4 anos.

INSPETOR DE EQUIPAMENTOS ROTATIVOS – Profissional habilitado para realizar, inspeção dos serviços de montagem de máquinas e equipamentos; Executar ensaio em equipamentos rotativos específicos,interpretar os resultados e emitir laudos. Qualificação como Inspetor de Controle Dimensional Nível I na área de montagem de máquinas.
Desejável experiência.
INSPETOR DE EQUIPAMENTO ESTÁTICOS – Profissional habilitado para realizar, inspeção dos serviços de montagem de máquinas e equipamentos; Executar ensaio em equipamentos estáticos específicos,interpretar os resultados e emitir laudos. Inspeção inicial de equipamentos submetidos a pressão, conforme a NR 13. Desejável experiência.

INSPETOR DE ESTANQUEIDADE – Profissional habilitado. Contribuir para a garantia da qualidade de produtos e serviços por meio do uso de técnicas avançadas que resguardam a integridade das instalações ou equipamentos; verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem alterar suas características físicas, químicas, mecânicas ou dimensionais e sem interferir em seu uso posterior.

INSPETOR DE INSTRUMENTAÇÃO – Profissional habilitado para exercer atividade de controle de qualidade relativo à execução de serviço de instrumentação; referente às atividades do Inspetor de Instrumentação Nível 1, o qual deverá acompanhar, executar e inspecionar as seguintes atividades; manusear, interpretar, analisar, comentar e implementar os requisitos das normas técnicas; verificar os procedimentos documentados; verificar as conformidades do recebimento de materiais,instrumentos e equipamentos de instrumentação; inspeção e ensaios antes da execução dos serviços; inspeção e ensaios durante a execução dos serviços; inspeções e ensaios finais após a execução dos serviços;verificar os instrumentos para inspeção, medição e testes e ensaios;verificar as situações de inspeção e testes, ensaios e registrar resultados e relatar não conformidades. Desejável experiência 4 anos.

INSPETOR DE ISOLAMENTO – Inspecionam o recebimento e organizam o armazenamento e movimentação de insumos; verificam conformidade de processos; liberam produtos e serviços; trabalham de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade e de segurança e demonstram domínio de conhecimentos técnicos específicos da área. Desejável experiência 3 anos.

INSPETOR DE LÍQUIDO PENETRANTE -Profissional habilitado. Interpretar os procedimentos de execução de LP planos de inspeção/lista denverificação e procedimentos de inspeção por LP; Efetuar inspeção pela técnica do eletroímã (yoke), em materiais soldados, forjados, fundidos, laminados, usinados, bem como em metais de base e juntas soldadas; avaliar e mapear descontinuidades; laudar e emitir os relatórios dos resultados; efetuar inspeção por líquidos penetrantes nos biséis de juntas preparadas para soldagem, juntas soldadas e metais de base; avaliar, laudar e emitir relatórios dos resultados.

INSPETOR DE LÍQUIDO PENETRANTE/PARTÍCULA MAGNÉTICA – Profissional habilitado, apto a Interpretar os procedimentos de execução de LP/PM planos de inspeção/lista de verificação e procedimentos de inspeção por LP/PM; Efetuar inspeção pela técnica do eletroímã (yoke), em materiais soldados, forjados, fundidos, laminados, usinados, bem como em metais de base e juntas soldadas; avaliar e mapear descontinuidades; laudar e emitir os relatórios dos resultados;efetuar inspeção por líquidos penetrantes nos biséis de juntas preparadas para soldagem, juntas soldadas e metais de base; avaliar, laudar e emitir relatórios dos resultados.

INSPETOR DE MEDIÇÃO DE ESPESSURA – Medir espessuras de paredes (chapas, tubos, etc.), detectar com precisão perdas/redução de espessuras por corrosão de equipamentos em operação, tanques, vasos depressão, tubulações, onde não é possível o acesso interno; trabalham de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade e de segurança e demonstram domínio de conhecimentos.

INSPETOR DE PARTÍCULA MAGNÉTICA – Profissional habilitado para interpretar os procedimentos de execução de PM planos de inspeção/lista de verificação e procedimentos de inspeção por PM;Efetuar inspeção pela técnica do eletroímã (yoke), em materiais soldados, forjados, fundidos, laminados, usinados, bem como em metais de base e juntas soldadas; avaliar e mapear descontinuidades; laudar e emitir os relatórios dos resultados; efetuar inspeção por partículas metálicas nos biséis de juntas preparadas para soldagem, juntas soldadas e metais de base; avaliar, laudar e emitir relatórios dos resultados.

INSPETOR DE RECEBIMENTO DE MATERIAIS – Profissional habilitado para inspecionar o recebimento e organizar o armazenamento e movimentação de materiais; verificam conformidade de processos; liberam produtos e serviços; trabalham de acordo com normas e procedimentos técnicos de qualidade e de segurança e demonstram domínio de conhecimentos técnicos específicos da área. Desejável experiência 4 anos.

INSPETOR DE REFRATÁRIO – Inspecionam o recebimento e montagem de refratários de equipamentos, bem como toda a matéria prima. Desejável experiência 5 anos.

INSPETOR DE SOLDA N2 – Profissional habilitado para interpretar e implementar os requisitos das normas técnicas; verificar os procedimentos planejados e qualificados; qualificação de procedimentos e soldadores; verificar os soldadores qualificados; verificação dos materiais de base e consumíveis; inspecionar equipamentos de soldagem; inspeção das instruções de fabricação; inspeção antes, durante e após a soldagem; verificar os ensaios não destrutivos de acordo com normas especificas; realizar ensaios de dureza; verificar tratamentos térmicos; inspecionar os reparos de solda; registrar e avaliar os resultados e relatar não conformidades.

INSPETOR DE TUBULAÇÃO – Executa funções de supervisão de controle de qualidade relativos a construção e montagem de dutos terrestres, visando a prevenção de defeitos tubulações e dá garantias da continuidade operacional dos equipamentos e instalações conforme N-2776 da Petrobrás que estabelece os critérios para qualificação e certificação de inspetores de tubulações.

INSPETOR DE ULTRASSOM N2 – Profissional habilitado. Contribuir para a garantia da qualidade de produtos e serviços com uso de técnicas avançadas que resguardam a integridade das instalações ou equipamentos; preparar, instalar e operar equipamentos de ensaio, quando aplicável; realizar ensaios ou tarefas específicas com eles relacionadas; registrar as condições e dados do ensaio e observar as medidas de segurança do trabalho preconizadas para o método de ensaio em questão. Apresentar, além de sólidos conhecimentos específicos peculiares ao(s) método(s) de ensaio de sua especialização, conhecimentos gerais relacionados com os demais métodos, bem como de materiais e de métodos e processos de produção industrial; suas atribuições e responsabilidades são as seguintes: interpretar normas e especificações, no que se refere à execução dos ensaios e aos critérios de aceitação e rejeição porventura omissos ou não claramente definidos em tais documentos; supervisionar as atividades de profissionais de nível 1.

INSPETOR DIMENSIONAL DE CALDEIRARIA N2 – Profissional habilitado para exercer a execução das atividades relativas a controle dimensional em equipamentos e instalações; controle e execução nas tarefas de: seleção dos padrões de referência para calibração dos instrumentos e equipamentos; elaborar procedimentos de controle dimensional; calibração dos instrumentos; e equipamentos e supervisão quando feita por terceiros; conhecer e saber consultar normas que estabeleçam requisitos de controle dimensional; executar inspeções de qualquer grau de complexidade em peças e componentes usinados. Interpretar normas e especificações, no que se refere à execução dos ensaios e aos critérios de aceitação e rejeição porventura omissos ou não claramente definidos em tais documentos; supervisionar as atividades de profissionais de nível 1.

INSPETOR DIMENSIONAL DE TOPOGRAFIA – Profissional habilitado para realizar inspeção de topografia, elaborar procedimentos de inspeção topográfica e analisar os resultados dos mesmos, conforme NBR 15523. Executa atividades relativas a controle dimensional em equipamentos e instalações; controle e execução nas tarefas de seleção dos padrões de referência para calibração dos instrumentos e equipamentos; elabora procedimentos de controle dimensional; conhece e saber consulta normas que estabeleçam requisitos de controle dimensional; estabelece condições de armazenamento dos instrumentos e equipamentos; mede prumo, nivelamento e alinhamento de tubulações industriais; mede orientação de equipamentos; mede prumo, locação, controle de recalque, orientação e alinhamento de equipamentos, tubulações e estruturas; mede posicionamento quanto a nivelamento, alinhamento e prumo de formas de estruturas de concreto e executar qualquer cadastramento ou levantamento topográfico, tais como: batimétrico e planialtimétrico.

INSPETOR DIMENSIONAL DE PINTURA N1 – Profissional habilitado para interpretar os procedimentos de execução de pintura e planos de inspeção/lista de verificação e procedimentos de inspeção de pintura; efetuar a inspeção de recebimento de tintas, solventes e abrasivos; verificar o armazenamento e manuseio de tintas e solventes; efetuar a verificação das condições ambientais que interferem com o preparo da superfície e com aplicação das tintas; verificar os equipamentos e materiais a serem utilizados no preparo da superfície; verificar o preparo da superfície; efetuar o controle da qualidade de cada demão de tinta; efetuar a inspeção final do esquema de pintura quanto a descontinuidades; efetuar o registro dos resultados do controle de qualidade e da inspeção da pintura; emitir e tramitar relatórios não conformidades e caracterização de falhas.

INSPETOR DIMENSIONAL DE PINTURA N2 – Profissional habilitado para interpretar os requisitos das normas técnicas de pintura industrial; elaborar, comentar e interpretar os procedimentos de execução de pintura e planos de inspeção/lista de verificação e procedimentos de inspeção de pintura; efetuar a verificação das condições ambientais que interferem com o preparo da superfície e com aplicação das tintas; verificar se os equipamentos e materiais a serem utilizados no preparo da superfície, aplicação das tintas e controle de qualidade da pintura estão adequadas ás condições de uso; elaborar planos de aferição/calibração de aparelhos e instrumentos de medição e testes e verificar se estão calibrados/aferidos, com os certificados de calibração dentro do prazo de validade e em bom estado; estabelecer esquemas de pintura; conhecer e selecionar métodos de ensaios de tintas; selecionar e utilizar aparelhos e instrumentos de medição e testes e de aplicação.

TÉCNICO DE DOCUMENTAÇÃO – Organizar, controlar, atualizar e distribuir a documentação técnica do Sistema de Gestão Integrada – SGI, prestando suporte as áreas funcionais, centros de negócios, projetos e obras. Desejável experiência 2 anos.

Engenheiro eletricista e instrumentação Sênior – Profissional de montagem industrial com formação em engenharia elétrica ou eletrônica, possuir experiência comprovada em coordenação de equipes para montagem e testes de sistemas elétricos e de sistemas de instrumentação em obras industriais de unidades de processo.

Engenheiro eletricista e instrumentação Pleno – Profissional de montagem industrial com formação em engenharia elétrica ou eletrônica, possuir experiência comprovada em coordenação de equipes para montagem e testes de sistemas elétricos e de sistemas de instrumentação em obras industriais de unidades de processo.

Supervisores de condicionamento e comissionamento – Profissional deverá possuir experiência comprovada em serviços de condicionamento e comissionamento de tubulação industrial, equipamentos estáticos e dinâmicos, elétrica e instrumentação em obras industriais de unidade de processo.

Engenheiro de condicionamento e comissionamento Sênior – Profissional deverá possuir formação em Engenharia, registrado no CREA, devendo comprovar experiência comprovada na coordenação de equipes para condução de serviços de preservação, condicionamento e comissionamento em obras industriais de unidades de processo.

Engenheiro mecânico Sênior – Profissional deverá possuir formação em engenharia mecânica ou metalúrgica, registrado no CREA, devendo possuir experiência comprovada na coordenação de equipes para condução de serviços de montagem mecânica em obras industriais de unidades de processo.

Engenheiro mecânico Pleno – Profissional deverá possuir formação em engenharia mecânica ou metalúrgica, registrado no CREA, devendo possuir experiência comprovada na coordenação de equipes para condução de serviços de montagem mecânica em obras industriais de unidades de processo.

Engenheiro de tubulação Sênior – Profissional deverá possuir formação em engenharia mecânica ou metalúrgica, registrado no CREA, devendo possuir experiência comprovada na coordenação de equipes para condução de serviços de montagem e teste de tubulação em obras industriais de unidades de processo.

Engenheiro de tubulação Pleno – Profissional deverá possuir formação em engenharia mecânica ou metalúrgica, registrado no CREA, devendo possuir experiência comprovada na coordenação de equipes para condução de serviços de montagem e teste de tubulação em obras industriais de unidades de processo.

Os currículos devem ser encaminhados para selecao@consorcioipojuca.com.brselecao@consorcioipojuca.com.br ou Caixa Postal: 180 – Cabo de Santo Agostinho – CEP.: 54505-970 

Link permanente para este artigo: http://evidenciaqualidade.com/?p=1555